Adeus, Humberto... 

Humberto Bastos da Costa Ferreira, da granja Capricórnio, líder por natureza, engenheiro agrônomo de formação (Viçosa-MG), foi um dos pioneiros da caprinocultura leiteira no Rio de Janeiro.

Com o apoio de sua companheira, Maria Celina Whately nestes últimos 30 anos, criou cabras Anglo-nubianas, brancas alemãs (Saanen), Togguenburg, pardas alemãs (Pardo Alpina), como as conhecemos hoje no Brasil, produzindo queijo, iogurtes e sorvetes de leite de cabra desbravando assim um mercado incipiente.

Instalado na Faz. Independência, na estrada Resende-Bananal, em Resende – Vale do Paraíba, aos pés da serra da Bocaina paulista, Humberto estava totalmente adaptado ao meio rural pela própria origem familiar sendo, pois filho de cafeicultor e introdutor das raças zebuínas nas terras da Guanabara.

Tinha por características próprias um espírito inovador e empreendedor!

Dedicando seu tempo, conhecimentos e dinheiro, uma boa parte de sua vida, naquilo em que mais acreditou: a caprinocultura leiteira como atividade econômica que viabilizaria as pequenas e médias propriedades do vale do Paraíba e de muitas outras regiões do Brasil.

Atuou como colaborador nos meios associativistas e cooperativistas ligados à caprinocultura no Rio de Janeiro. Viajou conhecendo e promovendo a atividade pelo Brasil estando até mesmo aqui pelo Sertão da Bahia.

Homem que no seu tempo foi muito conhecido por aqueles que militavam pelas veredas da caprinocultura nos últimos 40 anos como grande incentivador, promotor e organizador da atividade.

Faleceu aos 82 anos, no último dia 15/07/2007, deixando uma memória e um exemplo de vida a ser copiado pelas novas gerações de “cabriteiros”, como costumava chamar, deixando-nos um legado e a responsabilidade de continuar a promover essa atividade com o mesmo ímpeto e afinco que demonstrou em vida por palavras e ações.

Nós, amigos, admiradores e companheiros, queremos sempre nos lembrar dele  seguindo seu exemplo na divulgação dessa maravilhosa caprinocultura brasileira.

Colaboração:
Paulo José Theóphilo Gertner (Zeca)
Médico Veterinário e caprino-ovinocultor
Faz. Vida Nova – Tucano-BA
Faz. Sertânia – Riachão das Neves-BA