Nascem Eros e Eléctron

A transferência de embriões é uma técnica que vem se popularizando em algumas atividades, mas ainda é muito pouco freqüente na caprinocultura leiteira brasileira, principalmente em rebanhos comerciais, estando restrita na maioria das vezes a projetos de pesquisa ou iniciativas individuais.

No Capril Serra de Andradas está em andamento um Programa de Transferência de Embriões (TE), onde regularmente deverão ser coletadas as melhores cabras do rebanho, sempre cuidadosamente acasaladas, na maioria das vezes inseminadas, muitas delas com sêmen importado da França e eventualmente de outros países.

Com isso, além de intensificar a multiplicação dos animais geneticamente superiores, é uma forma de trazer “sangue novo”, tão necessário para os criadores de Saanen brasileiros.

O nascimento dos primeiros produtos desse Projeto, Eros e Elécton TE IA I F da Serra de Andradas, ocorrido no último domingo, dia 24 de junho, são um bom exemplo: são filhos do Dispatch, um importante reprodutor francês, e da Arandela da Serra de Andradas que, em sua segunda lactação, produziu 1672 kg de leite em 305 dias, com pico de 8,5, foi a mãe do Conjunto Família vitorioso na III Feinco, quando também ganhou a Progênie de Mãe, premiação repetida na IV Feinco, durante a Nacional de Cabras Leiteiras.

O Programa está sendo desenvolvido em parceria com a Neogen e com a Tecnopec,

Veja abaixo as primeiras fotos do Eros e do Eléctron.

 

Nascimento do Eros TE IA I F da Serra de Andradas

Nascimento do Eléctron TE IA I F da Serra de Andradas

Eros e Eléctron sendo cuidados pela mãe de aluguel

Eros TE IA I F da Serra de Andradas sendo pesado ao nascimento: 4,950 kg

Eléctron TE IA I F da Serra de Andradas sendo pesado ao nascimento: 4,600 kg

Anamaria, com o Eros