Feileite contará com ciclo de palestras de renomados especialistas e temas relacionados ao cotidiano da propriedade e mercado 

O reaquecimento do mercado de produção leiteira traz ao pecuarista a necessidade de investir e atualizar seu método produtivo para que seja capaz de atender à demanda, otimizar sua produção e gerar mais lucros à propriedade. Diante desta necessidade, a Feira Internacional da Cadeia Produtiva do Leite (Feileite), que será realizada entre os dias 30 de outubro e 03 de novembro, no Centro de Exposições Imigrantes (São Paulo/SP), funcionará como um centro de oportunidades e conhecimento para o pequeno e médio produtor.

Para tanto, a organização da feira promoverá um ciclo de palestras de 30 de outubro a 01 de novembro, com temas diretamente ligados ao dia-a-dia da produção leiteira e ao mercado. Entre os convidados, especialistas de renome nacional falarão sobre temas multidisciplinares, como o impacto econômico da mastite e medidas de controle, estratégia para aquisição eficiente de insumos e uso de recursos genéticos. Outros temas relacionados ao comércio, como o marketing do leite e perspectivas do mercado, também fazem parte da programação.

Destaque entre os palestrantes, Arthur Chinelato, engenheiro agrônomo, mestre e doutor, com trabalhos direcionados em produção animal e bovinocultura leiteira da Embrapa Pecuária Sudeste, tratará sobre os vários pontos que envolvem a viabilização de uma propriedade de leite. “De pontos técnicos a questões econômicas, falaremos sobre pastagens e outros pontos da propriedade, citando sobre erros e acertos”, aponta Chinelato.

Pedro Franklin Barbosa, engenheiro agrônomo, especialista em melhoramento genético animal da Embrapa Pecuária Sudeste, também será um dos palestrantes. Na ocasião, ele abordará resultados obtidos com o uso de raças puras, contrastando com outras originárias de cruzamento industrial. “Discutiremos as estratégias de uso de recursos genéticos de bovinos para produção de leite, com dados de acordo com o nível de manejo. Enfatizaremos os pequenos e médios produtores”, explica o engenheiro agrônomo.

Questionado sobre o foco da Feileite, o especialista da Embrapa é enfático quanto à importância do evento para a produção nacional. “Acho louvável focar os pequenos e médios. São eles quem mais precisam de informação. Com o aquecimento do mercado, acredito que haverá uma maior disposição deles em investir em informação e tecnologia”, ressalta Barbosa.

Programação do Ciclo de Palestras.


Dia 30 de outubro (terça feira)

14:00  Impacto Econômico da Mastite e Medidas de Controle 

Paulo Francisco Domingues - FMVZ Botucatu
14:45  Doenças dos cascos e o impacto na produção de leite

Emerson Alvarenga - Schering Ploug
15:45  Estratégias para aquisição eficiente de insumos para produção leiteira  - Alberto Belentani – Projeta
16:30  Métodos para controle de custos

Francisco Vila - Consultor Internacional

 

Dia 31 de outubro (quarta feira)

14:00  Estratégias de uso de recursos genéticos de bovinos para produção de leite - Pedro Franklin Barbosa - Embrapa Peduária Sudeste
14:45  Perspectivas do mercado leiteiro
Rodrigo Sant´anna Alvim – CNA
15:45  Marketing do leite
Everton Molina  -  Price Waterhouse Coopers
16:30 Como viabilizar propriedades leiteiras

Arthur Chinelato - Embrapa Pecuária Sudeste
17:15 Como vender seu produto no ponto de venda

 

Dia 01 de novembro (quinta feira)

10:00  Produção de leite ovino: um mercado para ser explorado
Rodrigo Martins Emediato - Zootecnista Autônomo
11:00  Pacote tecnológico da caprinocultura leiteira
Sebastião Faria – Schering Ploug
11:45  Programa de Selo de Pureza de Búfalo Leiteira
Claúdio Vallera Bruna - Associação Brasileira de  Criadores de Búfalos

Para se inscrever clique aqui e selecione os dias de palestras de seu interesse.